O Parcelamento de débitos do Simples Nacional

  1. Home
  2. /
  3. Informações
  4. /
  5. O Parcelamento de débitos do Simples Nacional

O Diário Oficial da União (DOU) publicou na última segunda-feira (09/04) a Lei Complementar 162/2018, que institui o Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte optantes pelo Simples Nacional (Pert-SN), mais conhecido como Refis da Pequena Empresa.

A lei, que havia sido vetada integralmente pelo presidente Michel Temer, teve o veto derrubado pelo Congresso no dia 03 de Abril. De acordo com o relator, senador José Pimentel (PT-CE), sem a aprovação da lei seriam expulsos do Simples Nacional mais de 600 mil micros e pequenas empresas devedoras, responsáveis por 2 milhões de empregos.

Com isso, micro e pequenas empresas poderão parcelar débitos tributários com condições facilitadas e descontos em multas e em encargos legais. Os interessados poderão aderir ao parcelamento em até 90 dias. Quem aderir ao refis terá redução nos juros e na multa pelo não pagamento dos impostos, além de extensão do prazo para quitar a dívida. Os financiamentos serão de até 175 meses, com prestações mínimas de R$ 300.

Para maiores informações, entre em contato através do número (19) 4141-6943 ou do site www.mixfiscal.com.br

Compartilhe:

Notícia anterior
Prorrogação do CEST
Próxima notícia
A alteração na tributação dos pescados em São Paulo
Menu