Diferença tempero composto x caldo

por | jan 25, 2021 | Informações | 0 Comentários

Comida boa é comida bem temperada! Tem coisa melhor do que uma comida com aquele delicioso aroma, sabor e coloração nas refeições?
A utilização de temperos e caldos vai ao encontro dos hábitos e tradições de cada região do nosso país. Mas o que interessa é que está sempre presente nas mesas dos brasileiros. 

Porém, sempre surgem dúvidas sobre qual tempero aplicar: Tempero composto ou caldo. Assim, como na dúvida para aplicação nos alimentos, existem muitas dúvidas referente a correta classificação desses dois produtos utilizados para preparar e temperar alimentos. Para sanar todas elas, vamos entender qual a composição e finalidade de cada item.

Tempero composto é a denominação dada ao conjunto de condimentos utilizados para complementar o sabor de seus pratos, podendo ser utilizado no preparo ou após finalizados.

Tem como principais ingredientes ervas, especiarias, podendo conter ou não sal em sua composição. 

Exemplo de produto e composição de tempero composto:

Tempero composto em pó para legumes

Ingredientes: Sal, cúrcuma, salsa, cebola, proteína vegetal hidrolisada, alho, pimenta do reino, gordura vegetal hidrogenada, condimentos preparados de alho e de cebola, realçadores de sabor glutamato monossódico e inosinato dissódico. 

Sendo assim tendo apenas como ervas, especiarias, legumes e sal em suas composições os temperos compostos serão classificados na NCM 2103.90.21 embalagens até 1 kg e 2103.90.29 embalagens acima de 1 kg. 

Vejamos o que diz a Tabela Tipi e NESH sobre essa posição: 

21.03

Preparações para molhos e molhos preparados; condimentos e temperos compostos;

farinha de mostarda e mostarda preparada. 

2103.90 – Outros

2103.90.1 – Maionese

2103.90.11 – Em embalagens imediatas de conteúdo inferior ou igual a 1 kg

2103.90.19 – Outra

2103.90.2 – Condimentos e temperos, compostos

2103.90.21 – Em embalagens imediatas de conteúdo inferior ou igual a 1 kg

2103.90.29 – Outros 

Já os caldos são condimentos concentrados que reforçam o sabor do alimento que está sendo preparado, fabricados em tabletes ou em pó. Os temperos comuns contêm em sua composição geralmente sal, ervas e especiarias. Já o caldo, além desses ingredientes, possui também carne em sua composição, o que o difere completamente dos temperos compostos. 

Exemplo de produto e composição do caldo em pó:

Ingredientes: Sal, Açúcar, Gordura e Carne de Aves, Salsa, Condimentos Preparados de Galinha, de Alho e Cebola, Cúrcuma, Aipo, Realçadores de Sabor Glutamato Monossódico, Inosinato dissódico e Guanilato Dissódico, Aromatizantes, Antiumectantes Fosfato Tricálcico e Dióxido de Silício e Corantes Caramelo IV. 

Por esse motivo esses itens são classificados na NCM 2104.10.11. 

Vejamos o que diz a Tabela Tipi e NESH sobre essa posição: 

21.04

Preparações para caldos e sopas; caldos e sopas preparados; preparações

alimentícias compostas homogeneizadas.

2104.10 – Preparações para caldos e sopas; caldos e sopas preparados

2104.10.1 – Preparações para caldos e sopas

2104.10.11 – Em embalagens imediatas de conteúdo inferior ou igual a 1 kg

 

A.- PREPARAÇÕES PARA CALDOS E SOPAS; CALDOS E SOPAS PREPARADOS

Este grupo compreende:

1) As preparações para caldos e sopas que necessitem apenas de adição de água, leite, etc.

2) Os caldos e sopas preparados, prontos para consumo depois de simples aquecimento.

Em geral, estes produtos têm por base substâncias vegetais (produtos hortícolas, farinhas, féculas,

tapioca, massas alimentícias, arroz, extratos de plantas, etc.), carne, extrato de carne, gorduras, peixe,

crustáceos, moluscos ou de outros invertebrados aquáticos, peptonas, aminoácidos ou extratos de

levedura. Podem também conter forte proporção de sal.

Apresentam-se, em geral, sob a forma de tabletes, pães, cubos, pó ou no estado líquido. 

Base Legal: TIPI e Nesh